domingo, 25 de junho de 2017

Brincou trocou

O BrincouTrocou é uma maneira bem bacana de incentivos a brincadeiras. 
A criança deve estar sempre sendo estimulada a brincar livremente e com brinquedos que sejam adequados para sua idade. Porém, como eles crescem muito rápido, o BrincouTrocou criou uma maneira para que os pais possam estar sempre reciclando esses estímulos fazendo a troca de seus brinquedos de uma maneira segura e eficaz. 

Vejam como tudo funciona:
Quando você se cadastra, recebe 10 moedas virtuais de prata. Ao cadastrar um brinquedo no site para disponibilizar para troca você recebe mais moedas de prata por cada Like que o brinquedo obtiver e mais o número de moedas que indicar quando o brinquedo for solicitado. 
Depois que preencher o seu endereço o site irá calcular automaticamente quantas moedas de prata custariam para solicitar um brinquedo. O número de moedas de ouro é equivalente ao custo do sedex para envio. 
Por exemplo, digamos que você é do RJ e viu uma boneca que custaria 30 moedas de prata e 30 moedas de ouro para solicita-la. Caso você tenha essa quantidade de moedas de prata na sua conta, basta comprar as moedas de ouro, ir no brinquedo e clicar em solicitar. 
O site irá debitar essas moedas de sua conta e irá mandar um email para o dono do brinquedo envia-lo por sedex para o seu endereço. A pessoa que está enviando deve informar no site o número do correio após envia-lo, assim o site monitora o status do envio e quando ele chegar no destino, credita as 30 moedas de prata na conta do usuário que enviou o brinquedo. 
Esse usuário agora pode escolher o Brinquedo de outra pessoa e solicita-lo. 
Caso você não encontre nenhum brinquedo que tenha gostado, pode incluir os brinquedos que deseja na página Brinquedos Desejados e ser informado quando o brinquedo que procura for cadastrado

Doação

Caso o seu brinquedo não seja solicitado por nenhum outro usuário em 30 dias, você pode doá-lo para uma instituição parceira do BrincouTrocou e receber as moedas que pediu pelo brinquedo para poder solicitar outro brinquedo no site. 
Os brinquedos podem ser doados pessoalmente ou enviados pelos correios. 
Estão buscando parcerias com instuições em todo Brasil.

Equipe

Daniel Pinho é o responsável pela criação da Startup e dos sites/aplicativos.
Conta com o apoio de sua esposa para ajudar na administração/ operação.

Cadastre-se no site, garanto que você não irá se arrepender!


quinta-feira, 22 de junho de 2017

Brincando com espelho




O espelho é um forte aliado no crescimento da criança. Ele ajuda no processo de desenvolvimento como um todo: visão (o bebê vai aprendendo a reconhecer rostos...), ajuda a tonificar músculos da boca/face (quando tenta imitar movimentos...) e pode também ajudar na parte cognitiva da criança,onde ela irá compreender expressões e sentimentos. 

Coloque um espelho na frente do bebê e continue com brincadeiras assim até os 3 anos; assim, ele poderá identificar a própria imagem e a de quem estiver brincando com ele e vai compreendendo seu corpo por completo.
Deixe a criatividade fluir, brinque de se esconder, de dar beijos, de praticar vários tipos de expressões (sentimentos triste, alegre, bravo...), de fazer caretas, de identificar as partes do corpo, de dançar...
O importante é variar sempre! Me lembro muito da minha filha nessa fase. Ela olhava por traz do espelho tentando entender de quem seria a imagem que era refletida, ela lambia, beijava, sorria com ela mesma, como que compreendendo sua existência.
Bom divertimento!
Para que seja gratificante a brincadeira em todos os sentidos, lembre de deixar o espelho bem limpinho e certifique-se de que suas pontas não irão machucar a criança.

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Usando FANTASIA



Os pequenos costumam gostar muito de usar fantasia. Na fase entre os 2 e 5 anos é bem frequente quererem se fantasiar.
Na escola, nas festas, em casa ou nas ruas. Qualquer ambiente para eles é propício para essa prática.
Eles têm esse costume, pois assim conseguem reforçar seus sentimentos e seu ego.
O uso delas também contribui para que possam interagir com os outros. Por vezes, eles se sentem mais corajosos para enfrentar situações conflitantes ou mesmo para se comunicar com o mundo.
Brincar de fantasia aguça a criatividade, a criança se sente diferente e experimenta formas variadas de linguagem.
Observar quais são as fantasias preferidas dos pequenos, ajuda também a compreender a necessidade interna de cada um.
Acredito ser bem positiva essa brincadeira. Porém, como tudo na vida, é preciso ter equilíbrio.
Se seu filho está em uma fase que só consegue sair de fantasia, coloque atenção. Pode ser que esta seja a única forma que ele tenha encontrado para vencer seus desafios. 
Eles precisam encontrar em seus pais e  ,principalmente, neles mesmos a FORÇA para a superação de obstáculos, pois por vezes é difícil enfrentar a realidade.
Monte em sua casa um espaço de acessórios diversos como chapéu, capa, máscara, lenços... Pode ser uma caixa, uma prateleira ou um cabideiro.
Assim, seu filho terá mais uma oportunidade de se expressar.