sexta-feira, 24 de março de 2017

Festa escolar


Eu entendo totalmente a praticidade dessas festas. Muitas vezes, os pais nem precisam buscar a criança na escola para depois levar. Por vezes, o próprio buffet oferece a Van. Os pais do aniversariante vão no transporte acompanhando as crianças que saem direto da escola para a festa.
O serviço todo é prático e fica muito mais em conta.


Meus filhos receberam alguns convites para festas dessa maneira, mas confesso que demorei um bom tempo para permitir a ida de um deles.

Não me considero uma mãe chata com relação a super proteção, porém, acredito que alguns cuidados são necessários.

Passei por diversos aniversários junto com meus filhos, acompanhando todas as suas manifestações.

Permiti a ida da minha filha mais velha quando ela estava a poucos dias de fazer 8 anos.

Não digo tanto pela idade, porém, foi o momento em que senti confiança e segurança para deixá-la participar de um evento desse porte.

Percorri alguns itens como:

1- como ela se alimenta na festa sozinha, 
2- como resolve conflitos com as demais crianças quando os mesmos ocorrem,
3- me certifiquei se ela sabia direitinho o número nosso telefone (o meu é do meu marido ),  
4- o tipo do buffet-  no caso, quais brinquedos oferecem e segurança do local,  
5- independência para o uso do banheiro,  
6- transporte do colégio ao buffet. 

Precisamos ter atenção para depois não nos arrependemos. O furo de um incidente ruim não pode ser nosso por falta de cuidado.