domingo, 6 de novembro de 2016

Irmãos mais velhos precisam de atenção!

Ter um irmão é fantástico! Eles aprendem a compartilhar o espaço,  os brinquedos,  os pais...
Muitos aprendizados ocorrem e as experiências são ótimas!
Nós pais depositamos expectativas no nosso primeiro filho e isso é muito frequente.  Cobramos deles muitas vezes coisas que consideramos importantes e por vezes não damos espaço para eles manifestarem realmente o que possuem dentro de si. 
Assim que nasce um irmão,  nossa atenção é dividida e de maneira inconsciente,  acabamos cobrando menos do mais novo,  pois passamos a entender que as coisas vão se encaixando naturalmente.
Mas,  hoje quero dar um enfoque especial  aos cuidados dos irmãos mais velhos.
Eles são maiores,  mais independentes,  mas ainda PRECISAM DE ATENÇÃO!
As visitas se concentram mais nos menores,  as gracinhas deles são lindas e o ciúmes vai aparecendo e aflorando.
Os mesmos cuidados que temos no início assim que nasce o irmão,  devemos manter para sempre. 
Fazê-los participativos e envolvê-los com a rotina do menor é essencial.
Não importa a diferença de idade se for pouca ou grande,  é importantíssimo propiciarmos situações no dia a dia que envolvam os dois com passeios,  brincadeiras dirigidas que envolvam a família, brincadeiras livres com a família ou só os dois para que fortifiquem o vínculo. Mas, é preciso oferecer atividades individuais também,  passeios diferenciados diretivos na idade de  cada um.  Essa também é uma maneira de estabelecer relações em suas individualidades.
Valorize constante ao mais velho o quanto ele ensina ao irmão,  mas não faça disso um peso de responsabilidades,  pois não é.  Ensinar para ele,  deve ser divertido,  prazeroso.
O desenvolvimento ocorrerá conforme sua rotina familiar,  mas colocar um olhar  atento a isso fará muita diferença na auto estima de seu grandão!